Carregando...

Lula e Geraldo Alckmin são diplomados pelo TSE

Evento marca o fim do processo eleitoral e habilita os dois a tomar posse

O presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o vice-presidente eleito, Geraldo Alckimin (PSB), foram diplomados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta segunda-feira, 12. O evento aconteceu no plenário da Corte. Lula e Alckmin receberam o diploma das mãos do presidente do TSE, Alexandre de Morais, assinado pelo mesmo. A solenidade marca o fim do período eleitoral e habilita presidente e vice eleitos a tomarem posse, que acontecerá no dia 1° de janeiro de 2023.

Com todas as formalidades cumpridas, eles estão autorizados a exercerem seus respectivos cargos. O TSE reconhece a vitória de Lula nas urnas, tendo o maior número de votos dos brasileiros. O ministro Alexandre de Morais abriu a sessão, e conduziu Lula e Alckmin ao plenário. Eles se sentaram à esquerda de Morais, na mesa oficial da solenidade. Nela, estavam sentadas outas autoridades, como o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, presidente da Câmara, Arthur Lira e ministros do Superior Tribunal Federal (STF).

Após a execução do Hino Nacional pela Banda dos Fuzileiros Navais, os diplomas foram entregues. Em seguida, Lula e Alexandre de Morais discursaram.

A cerimônia da diplomação foi criada em 1951, quando o então presidente Getúlio Vargas voltou ao poder por meio de voto popular. No período da Ditadura Militar, o evento foi suspenso, mas retomado após a redemocratização. em 1899, na eleição do ex-presidente Fernando Collor de Melo.

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email